18 Comentários

  1. Eva said:

    Nossa, quanta informação interessante! Adorei.

    30 de julho de 2011
    • Tânia Neiva said:

      Volte sempre!

      16 de dezembro de 2011
  2. Hortencia Silvestre said:

    Adorei as dicas! Só para complementar,eu costumo marcar com giz de alfaiate o avesso de tecidos que tenham pêlo,assim como o veludo,no sentido em que o pêlo deita.
    E mais uma dica! Cortar sempre na mesma direção,para evitar mudanças de tonalidades (um lado pode ficar mais escuro que o outro)Bjs

    30 de julho de 2011
    • Tânia Neiva said:

      Obrigada pela e pela contribuição!
      Abraço.

      16 de dezembro de 2011
  3. Evani said:

    Gostaria de parabenizá-la pela iniciativa de uma matéria tão necessária.
    Sucesso.

    8 de agosto de 2011
    • Tânia Neiva said:

      Obrigada. Sucesso para você

      16 de dezembro de 2011
  4. Mirela Medeiros said:

    Como vejo o lado direito e o aveso do tecido New Chino importado?

    No aguardo,

    Mirela Medeiros

    10 de fevereiro de 2012
    • Tânia Neiva said:

      Olá, Mirela.
      As regras são as mesmas para todos os tecidos. O lado direito é sempre mais liso e macio. Mas alguns tecidos não têm distinção, pois os dois lados recebem o mesmo acabamento.

      15 de março de 2012
  5. Valéria said:

    Adorei sua explicação, deu pra enriquecer o conhecimento e tirar algumas duvidas…

    7 de maio de 2012
  6. Edilene said:

    Olá , adorei seu blog!Estou com uma duvida
    comprei algumas malhas estampadas e ao cortar em fios quando puxo ela fica ao contrario, sabe informar pq?

    11 de julho de 2012
    • Tânia Neiva said:

      Olá, Edilene. Desculpe, mas não entendi a sua pergunta. Você poderia esclarecer? Bjs.

      11 de julho de 2012
  7. Leleka said:

    Obrigada! As dicas foram muito valiosas para mim!

    15 de julho de 2012
  8. Alessandro said:

    Posso saber mais sobre?Pois quero aprender mais sobre tecidos,o que Tania voce acha sobre o tecido importado.aguardo

    15 de agosto de 2012
    • Tânia Neiva said:

      Olá, Alessandro!
      Vou pesquisar para aprofundar um pouco mais sobre tecidos aqui no blog.
      Quanto aos tecidos importados, vivemos um verdadeiro dilema no Brasil. A nossa indústria têxtil, infelizmente tem um longo histórico de defasagem, principalmente de tecnologia, pois trata-se de uma indústria que exige altos investimentos e que não tem tido muito incentivo. É difícil para a nossa indústria acompanhar a velocidade das novas tecnologias e sabemos que qualquer investimento encarece o produto final. Produzimos excelentes artigos têxteis, mas o preço dos tecidos importados principalmente do continente asiático são bem mais competitivos que os nossos. Isso significa uma ameaça para o nosso mercado. O motivo disso, nós já sabemos. A Abit até lançou uma campanha envolvendo as importações que pode ser vista no link: http://www.abit.org.br/empregabrasil/
      Esse é um assunto polêmico, mas nós que somos profissionais e consumidores do setor da moda não podemos fechar os olhos.

      15 de agosto de 2012
  9. Alice said:

    Estou começando a aprender sobre costura e achei seu texto muito bom. Obrigada!

    4 de setembro de 2012
  10. Adelaide Eventos said:

    Bom dia. Trabalho com eventos. Uso muito tecido e preciso saber muito sobre eles.
    Preciso de uma ajuda. Tenho um cliente que me solicitou uma cobertura com um tecido com as seguintes especificações:
    trama 12
    2 grs/m²
    fio 75/36 texturizado
    Como fico sabendo que tecido é esse vc pode me ajudar??
    grata

    22 de junho de 2013
  11. Celi Anizelli Mazzo said:

    Neiva, de curiosa, e pesquisando para escrever outras coisas, achei seu blog, muito bacana, não imaginei que havia tantas tramas diferentes para a composição de tecidos… Um abraço!

    21 de setembro de 2014
    • Angela Sordá said:

      apresentei um trabalho ontem exatamente disso minha equipe falou sobre ponto cetim

      21 de setembro de 2014

Comments are closed.