Como Fazer o Mapa de Uma Coleção

Um fator muito importante no planejamento de coleções é a organização. Depois de uma exaustiva pesquisa para definir o tema e o conceito da coleção temos tantas informações, que podem até fazer com que nos percamos na hora de estruturar a coleção. Para evitar isso é importante fazer o que chamamos de mapa da coleção, uma série de tabelas onde estruturamos tudo para facilitar o trabalho. No exemplo abaixo temos uma coleção cinco famílias contendo quatro looks cada.

Estrutura_da_Colecao

Após definir a estrutura da coleção é interessante fazer um cronograma estimando o tempo necessário para a realização de cada atividade. Esse cronograma varia de acordo com cada realidade e pode ser livremente adaptado. Abaixo um exemplo de cronograma de atividades de uma coleção.

Cronograma

Doris Treptow em seu livro Inventando Moda sugere dividir a coleção em três categorias de peças para compor o mix de moda: Básicos, Fashion e Vanguarda. Os modelos básicos são aqueles funcionais, clássicos, que nunca saem de moda; os modelos fashion são aqueles que estão comprometidos com as tendências de moda; e os modelos vanguarda são peças que traduzem melhor o conceito da coleção e nem sempre apresentam características comerciais, destinando-se à produção de peças publicitárias, exibição nos desfiles e nas vitrines.

É preciso definir que proporção cada uma dessas categorias irá ter dentro da coleção e isso irá depender principalmente do público-alvo ao qual essa coleção será direcionada. Feito isso define-se as formas, as silhuetas, os detalhes, os materiais e as cores que caracterizarão cada família da coleção. Para ter uma visão bem clara é interessante anotar todas essas informações em uma tabela como no modelo sugerido abaixo.

Mapa1

Após definir as características da coleção define-se o que chamamos de mix de produto, ou seja, os tipos de peças e a quantidade que será produzida em cada família. A tabela abaixo tem o objetivo de ajudar nessa distribuição. Pada família está definido o número de looks, e para cada look há um espaço para que sejam definidas exatamente que peças comporão cada um deles.

Mapa2.2

Depois de tudo definido e anotado fica bem mais fácil fazer os desenhos da coleção e ter uma previsão realista de quando tudo estará produzido e pronto para ser lançado no mercado.

Leia também: Planejando Uma Coleção

Você pode opinar ou tirar dúvidas sobre esse assunto deixando o seu comentário no espaço abaixo.

Escrito por

Graduada em Estilismo e Moda da UFC e especialista em Metodologia do Ensino de Artes pela Universidade Estadual do Ceará. Atua na área de planejamento e criação de coleções de moda. Lecionou nos cursos de Design de Moda da UFC Centro Universitário Estácio do Ceará.
  • Pingback: Planejando uma Coleção | Tânia Neiva

  • Marina Jungmann

    Tânia,
    para coleção de bijoux e semi jóias, posso usar esse mesmo mapa? Tem diferença do planejamento da coleção? Me ajude, estou meio perdida. Obrigada
    Marina

  • Emilene

    Como sempre vocÊ nos dando informaçoes maravilhosas, ou seja dicas essencias para nosso trabalho.Adorei te encontrar aqui.Parabéns pelo site e iniciativa!

  • maria clara azevedo cavalcante

    Gosto demais dos seus conceitos sôbre planejamento de coleção.Já fui sua aluna, lhe adimiro bastante.Já casou! Sou sua adimiradora.

  • maria clara azevedo cavalcante


    maria clara azevedo cavalcante:

    Gosto demais dos seus conceitos sôbre planejamento de coleção.Já fui sua aluna, lhe adimiro bastante.Já casou! Sou sua adimiradora.

  • Sueli Agustini

    Ótimo material !

    Parabéns !

    Sueli

  • Vita Mariano

    adorei todo material em sua pagina, me ajudou muito, obrigada.

  • Lucélia Bueno

    Oi Tânia em primeiro lugar quero dizer que acho seu site de grande importância pra quem trabalha com moda.
    Tenho duvidas do que seja forma e silhueta na tabela.
    Aguardo sua resposta
    Obrigada

  • Tânia Neiva

    Volte sempre!!!

  • Tânia Neiva

    Sim, as regras para uma coleção valem para roupas e acessórios.

  • Tânia Neiva

    Forma e silhueta se referem às modelagens e os volumes das roupas. Cada tipo de volume forma uma silhueta diferente. Ex: ampulheta, triângulo, etc.

  • Tânia Neiva

    Obrigada. Volte sempre!

  • Tânia Neiva

    Rsrsrs…Obrigada pela visita. Volte sempre!

  • http://www.companybeach.com.br Fabio Nabesima

    Tania, como vai?
    Poderíamos usar este mesmo Mapa para biquinis?

    Teria alguma sugestão?

    att.
    Fabio

  • Tânia Neiva

    Sim, Claro!

  • maria josina

    ola Tania obrigada por todas as dicas, sou de Goiania inaugurei uma loja recente de modinha feminina voltada para moda maior do 44 ao 58 Entendo mais da parte de fabricaçao, mas quanto a organizaçao de coleçao e um grande problema , talvez eu nao esteja sabendo trabalhar certo com meu publico, ele esta mais senhoril, e evangelico mas quero atingir o mais jovial tambem mas no seguimento mais comportado. E possivel me ajudar? ou me sujerir cursos acessiveis, a respeito do assunto ? Aguardo resposta anciosa. Atenciosamente Maria Josina ( empresa VEST FASHION)

  • Tânia Neiva

    Fazer cursos é sempre bom, afinal sempre temos algo a aprender.
    Mas para conhecer melhor o seu público é preciso ter um contato mais direto com o mesmo. Se você quer atingir um determinado público, pense em lugares onde esse público costuma frequentar e faça uma divulgação direcionada.
    Além disso, pesquisas são sempre uma boa forma de descobrir os desejos do público. Pense em algo divertido, descontraído, já que deseja atingir o público jovem. Faça alguma promoção legal, oferecendo algum mimo para estimular as pessoas a responder perguntas sobre suas preferências, por exemplo.
    Mas lembre-se que mais importante que conquistar público é mantê-los fiéis, então ofereça alguma vantagem real, fale do diferencial do seu produto.
    Boa sorte não deixe de me falar dos resultados!

  • Priscila

    Oi Tania,
    Adorei a sua materia…
    Temos uma loja na qual revendemos roupas femininas de alta qualidade.
    Agora gostariamos de passar para uma outra etapa… Criar a nossa propria coleçao com a nossa marca!
    O problema é que ainda somos estudantes de design e faltam dois anos para concluir…
    O que vc sugere?
    Obrigada.
    PRISCILA

  • Tânia Neiva

    Em primeiro lugar, sugiro que trabalhem com qualidade. Fazer todo o processo corretamente, sem pular etapas é o melhor caminho.
    Se tiver alguma questão mais específica, por favor, fique à vontade para perguntar ou até sugerir assuntos para novos posts.

    Obrigada por acessar o blog.

  • http://Facebook Petunia

    Bom dia! .Oi fofa.. muito grata pela disposição de informar de forma tão precisa.
    Faz tempo que buscava algo assim.Que consigas encontrar aquela “coisa” que sei sempre procuramos de alguma forma, que só você sabe.Esta é minha bênção por uma alma tão generosa.Beijinhos ternos.

  • http://www.natachasteven.com Natacha

    J’adore ton blog, il est super cool!

  • Tânia Neiva

    Merci. C’est très gentil de votre part. J’espere que visit mon blog plusieurs fois!

  • Elaine

    Olá Tânia! Agradeço todas as informações que você compartilhou.
    Minha dúvida é em relação a quantidade a ser produzida de cada peça. Como definir?

    Obrigada!

  • http://tanianeiva.com.br Tânia Neiva

    A quantidade é algo muito subjetivo. Depende da demanda, da sua capacidade de produção, número de lojas e dos recursos financeiros disponíveis. No caso de marcas de varejo o termômetro para definir a quantidade de peças é o ritmo das vendas nas lojas. Caso as vendas sejam freqüentes, podemos arriscar uma quantidade maior de peças. Para uma marca de varejo que está começando e que tem apenas um ponto de venda, umas 20 peças de cada modelo deve funcionar bem e caso haja uma grande procura por determinado modelo, pode ser feita uma produção extra. A análise de vendas de cada coleção e o contato direto com o consumidor é essencial para prever as demandas e com o passar do tempo essas decisões ficarão mais fáceis. Para isso, tudo o que for produzido e vendido deve ser bem registrado para facilitar o controle. Ao final de uma estação fazemos um levantamento de quais produtos tiveram mais aceitação e as quantidades vendidas. Em cima dessas informações fazemos as projeções para a próxima coleção.

    Espero que tenha ajudado. Boa sorte!

  • Elen

    Tania eu não trabalho com grande varejo posso fazer uma coleção com poucas peças ?