Esta semana terminei esta ilustração, o que me deixou mais satisfeita que a anterior. Dessa vez eu dei mais atenção às texturas para deixar o desenho mais próximo à ilustração tradicional.

Passei muito tempo me dedicando ao estudo de técnicas tradicionais e gosto de pensar que mesmo fazendo desenho digital, estou desenhando manualmente. Procurei texturas e linhas que mais se aproximassem do desenho manual no papel e gostei do resultado.

Aprendo constantemente e gosto de explorar mais e mais possibilidades. Tenho feito uma longa jornada em busca de melhores resultados.

O meu fluxo de trabalho

Existem muitas maneiras diferentes de pintar um desenho digital acrescentando texturas. Depois de fazer alguns testes, cheguei a esse fluxo de trabalho que para mim está sendo o mais conveniente. Aqui está apenas um exemplo de como você pode começar se estiver um pouco perdido(a), pois no início, o processo de como iniciar a arte digital pode parecer complexo.

1. Eu comece com um planejamento básico de camadas, fazendo um grupo diferente para pele, cabelos, olhos, roupas, etc;

2. Eu costumo importar a imagem do esboço que prefiro fazer à mão, diminuindo a opacidade dessa camada, para que eu possa desenhar por cima;

3. Em uma nova camada, faço o contorno ou line art e depois de concluir, eu oculto a camada de esboço;

4. Em uma nova camada abaixo da line art, eu pinto com cores básicas (sem sombras / realces);

5. Em uma nova camada eu acrescento as texturas, sempre usando tons mais escuros do que as camadas de base. Para cada parte do desenho, tenho conjuntos de texturas pré-selecionadas que use com mais frequência;

6. Além da camada de textura, acrescento mais algumas camadas, sendo elas para penumbra, sombra e reflexos;

7. Para escolher os tons que eu quero para as minhas ilustrações eu uso como base fotografias e capturo cada tom com a ferramenta conta gota;

8. Por último, eu trabalho o fundo ou background, acrescento a minha assinatura e exporto no formato e tamanho para postar.